Com 1ª vinícola instalada, saiba como será o cultivo e produção de vinhos em Uberaba

Cidade foi escolhida após estação meteorológica indicar amplitude térmica adequada para produção. Expectativa é que 40 empregos fixos sejam criados.


Por Maria Júlia Araújo, g1 Triângulo e Alto Paranaíba — Uberaba

03/10/2021 13h51


Videiras - vinícola - uva - vinhos - Portugal — Foto: Maria Júlia Araújo/g1

Uberaba conta, desde o dia 24 de setembro, com o funcionamento da 1ª vinícola instalada no município. A primeira plantação de mudas já teve início e já foram plantados 3 hectares das uvas Syrah, Marsanne e Sauvignon Blanc, com previsão de colheita para 2023.


Já o Wine Bar, com visitas aos vinhedos e pontos turísticos da propriedade, deve ser aberto em dezembro. A expectativa é que 40 empregos fixos sejam criados.


Também foram plantadas mais de 1.500 mudas de roseiras, inseticida natural protetor das videiras. Em 2022, a área de cultivo deverá ser ampliada em 15 hectares, com castas de Viognier, Cabernet Franc e Merlot,


O objetivo é que o negócio não seja voltado apenas para a comercialização de vinhos, mas também, seja um atrativo turístico.


Empregos


Com a abertura da vinícola, a expectativa é de que cerca de 40 empregos fixos sejam gerados. Conforme Marega, atualmente trabalham 45 pessoas na propriedade, mas em breve serão abertas vagas para o enoturismo.


“A cidade não tem mão de obra qualificada para os tratos culturais das videiras e, como esperamos ter a primeira produção em 3 anos, temos o prazo para contratar, capacitar e manter as pessoas na região”, declarou.

Para isso, será criado o Instituto Arpuro. A entidade será voltada para a capacitação de trabalhadores locais na plantação de videiras, no enoturismo, gastronomia e ensino básico. Ele será conduzido por Clariana Santinho Marega, profissional de recursos humanos e esposa do empresário.


Segundo Rui Ramos, isso abre um horizonte para a região. “É uma nova cultura. Essa diversificação é muito boa para o equilíbrio da economia da cidade. Uberaba só tem a ganhar”, disse durante o evento de plantação de mudas das videiras.


A vinícola


Quatro dias após o plantio, cresceram as primeiras brotações. Segundo o sócio da vinícola, Valério Marega Júnior, Uberaba foi escolhida após a instalação de uma estação meteorológica na propriedade dele.


Com as análises do aparelho, foi possível identificar que a cidade tinha grande amplitude térmica, com temperaturas durante o dia de 40ºC (no verão) e 35ºC (no inverno). Já à noite ele identificou que fazia 15ºC (verão) e 12ºC (inverno).


Outro ponto que embasou a decisão, foi a percepção de que o local tinha altitude de 860 metros e solo arenoso, o que propiciava boa absorção. Além disso, Uberaba é a terra natal do empresário.


“Ela é nossa cidade natal, apesar de morar em São Paulo, foi para lá que corremos com o advento da pandemia. A propriedade está na família há 30 anos e com a curiosidade natural que tenho de coleta de dados, após vasta consultoria de profissionais especializados a decisão foi tomada”, contou o sócio da vinícola.

Após as constatações, foram realizadas pesquisas sobre as produções de vinho. Marega identificou que a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) já havia realizado um projeto na área, denominado “colheita de inverno” ou “dupla poda”.


O empresário entrou em contato com a Epamig, que confirmou a possibilidade do cultivo na propriedade. O pós-doutor em vitivinicultura, Murilo Regina Albuquerque, fez uma análise prévia do local e confirmou as impressões anteriores.


“Existem estudos que indicam que com a tecnologia da ‘dupla poda’ ou ‘poda invertida’, as videiras podem criar condições de amadurecimento das uvas. Esperamos ter frutos a partir de 2023 e, a partir daí, os vinhos”, explicou Marega.

No vinhedo, foi instalada uma estação meteorológica conectada ao MatLab, ligado ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), para monitoramento do cultivo.


Turismo

Imagem de arquivo de taças de vinho — Foto: Maria Júlia Araújo/g1

A vinícola ficará localizada às margens da BR-050, entre Uberaba e Uberlândia. Segundo Marega, será ofertado o translado de vans das cidades para a fazenda.


Está em construção um deck em frente ao vinhedo, onde serão oferecidas degustações de vinhos nacionais. Além disso, o local terá passeios pela mata preservada, restaurante e loja.


Link para matéria original: https://g1.globo.com/google/amp/mg/triangulo-mineiro/noticia/2021/10/03/com-1a-vinicola-instalada-saiba-como-sera-o-cultivo-e-producao-de-vinhos-em-uberaba.ghtml

Posts recentes

Ver tudo